Vá de Táxi

Como melhorar o controle do uso de táxi na sua empresa?

03 July de 2018 - 10:15 - by Vá de Táxi

Fazer o controle do uso de táxi é tão importante quanto disponibilizar esse serviço como um benefício aos colaboradores. Afinal, é preciso manter os custos estáveis e, ao mesmo tempo, proporcionar comodidade e satisfação aos colaboradores.Não é tarefa fácil, contudo, sobretudo para as empresas que têm grandes equipes e atuam em cidades grandes. Neste artigo, resolvemos trazer algumas dicas para que a gestão desse processo seja feita da maneira mais simples e efetiva possível.Continue lendo para entender!

4 dicas para melhorar o controle do uso de táxi:


1. Escolha um aplicativo para centralizar o serviço


Os aplicativos de táxi estão se multiplicando no mercado brasileiro. Para os usuários, eles facilitam na hora de chamar uma corrida e facilitam o pagamento, entre outras vantagens. Para as empresas, facilitam a gestão do benefício.É importante não errar na escolha do aplicativo, pois fatores como cobertura, quantidade de taxistas cadastrados, custos e funcionalidades do sistema são fundamentais.A melhor escolha é um serviço que disponibilize uma plataforma onde o gestor pode ter uma visão panorâmica do serviço usado pelos colaboradores. Também é fundamental ter facilidade para gerar relatórios e consolidar as informações sem grandes preocupação.

2. Crie regras claras para uso do serviço de táxi


Outro ponto muito importante é a criação de uma política de utilização do serviço de táxi. Os colaboradores devem ter consciência de que trata-se de um benefício fornecido pela empresa, do contrário a iniciativa se torna banalizada e não há diretrizes claras a serem seguidas.Fatores como limite de uso (tempo, custo etc.), quem são as pessoas autorizadas, em que momentos podem utilizar etc. devem estar bem explicados. Assim, evita-se que os profissionais sejam muito “criativos” na hora de fazer uso do serviço ou que cometam erros que podem comprometer a empresa, inclusive financeiramente.

3. Conscientize os colaboradores


Mais do que estabelecer regras, é também fundamental engajar os colaboradores. Eles precisam entender que trata-se de um benefício e que deve ser bem cuidado por todos, do contrário, a empresa pode ter prejuízos e não conseguir mantê-lo.Faça uma campanha de comunicação, oriente as lideranças a conversarem com seus subordinados. Use a criatividade para demonstrar que essa facilidade está ligada com a preocupação da empresa com o tema da mobilidade, sobretudo no que diz respeito ao conforto de seus funcionários.

4. Delimite um orçamento


Para não perder o controle financeiro, é interessante que haja um orçamento máximo mensal a ser gasto com o serviço de táxi. Com uma boa plataforma, é possível também delimitar valores por centro de custo. Ou seja, estabelecer até quanto cada equipe (por departamento, por exemplo) pode gastar com táxi.Nesta linha de controle, é fundamental que os líderes de equipes estejam envolvidos. É a eles que os colaboradores devem se reportar na hora de solicitar uma corrida de táxi, o que reduz a concentração de todo o controle no departamento administrativo ou de finanças. Como você está fazendo o controle do uso de táxi na sua empresa? Gostou das nossas dicas? Deixe seu comentário!