Vá de Táxi

Como usar a tecnologia para controlar os gastos com táxi na sua empresa

13 July de 2018 - 12:05

Não é possível pensar em controlar os gastos com táxi nas empresas sem a perspectiva tecnológica. A transformação digital está transpassando toda as rotinas empresariais, o que é muito bom, pois ela torna os negócios mais inteligentes e competitivos.De acordo com a consultoria IDC, uma em cada nove empresas da América Latina estará 100% digitalizada até o final de 2018. No Brasil, que detém 45% do mercado de TI da região, essa realidade está bastante presente e tende a crescer ainda mais.Neste artigo, resolvemos refletir um pouco sobre isso. Continue lendo para ter algumas dicas de como aproveitar a tecnologia para melhorar o controle dos gastos com táxi no seu negócio!

Controlar os gastos com táxi: por que as empresas devem se preocupar com isso?


As empresas que oferecem subsídios à utilização de táxi para seus colaboradores o fazem por necessidades bem práticas: agilizar a locomoção dos profissionais, garantir comodidade, facilitar o atendimento aos clientes, entre outras.Como todo benefício, contudo, é importante que os gestores fiquem atentos à questão dos custos, uma vez que esse serviço de grande necessidade não pode gerar prejuízos ou reduzir a lucratividade. Sem um processo bem estruturado de gestão do táxi nas organizações, a tendência é que os colaboradores acabem gastando mais do que o necessário e que, no extremo, nem percebam a iniciativa como um benefício.

Controlar os gastos com táxi: como a tecnologia pode ajudar?


Confira, a seguir, de que maneira é possível empregar ferramentas tecnológicas no controle de gastos com táxi:

Use um aplicativo que tenha uma plataforma de controle


Há um grande número de aplicativos que podem ser utilizados pelos colaboradores da sua empresa para chamar táxi. Nem todos, porém, favorecem o controle por parte da gestão administrativa do negócio.O ideal é estabelecer um único app que pode ser utilizado pelos profissionais e que o serviço disponibiliza uma plataforma de controle. Dessa forma, será possível centralizar a gestão e evitar ter que lidar com várias planilhas que precisam ser analisadas e consolidadas mensalmente.

Acompanhe o uso do serviço de táxi


Também é fundamental que a plataforma adotada possibilite a visualização dos valores gastos pelos colaboradores, bem como dos trajetos percorridos. Isso torna tudo mais transparente, evita fraudes ou erros que podem elevar os custos.

Gere relatórios de prestação de conta


A geração de relatórios gerenciais também é muito importante quando se trata de controlar os gastos com táxi. Se o sistema disponibiliza dados e gráficos, fica mais fácil guardar históricos e fazer comparações entre períodos, por exemplo.Isso facilita o acompanhamento do que a empresa investe em mobilidade para seus colaboradores e pode, inclusive, gerar insumos para diálogos entre líderes e liderados no intuito de evitar desperdícios.

Estabeleça limites e mensure os resultados


Agora, a tecnologia por si só pode até inibir abusos ou descuidos, mas ela não é garantia de que as pessoas vão utilizar o serviço de táxi sem desperdício. É importante que a empresa estabeleça limites de custos, estabelecendo um orçamento máximo mensal.Com uma boa plataforma de controle aliada ao aplicativo disponibilizado aos colaboradores, é possível, por exemplo, estabelecer limites de gastos por centro de custos. Ou seja, é possível planejar quanto cada equipe ou cada colaborador pode gastar em um determinado período. O que você tem feito para controlar os gastos com táxi na sua empresa? As dicas deste artigo foram úteis para você? Deixe seu comentário!