Vá de Táxi

Custos com táxi: 5 erros que podem elevá-los na sua empresa

18 May de 2018 - 18:21 - by Vá de Táxi

Os custos com táxi estão na lista dos variáveis nas empresas. Eles dependem da quantidade mensal de deslocamentos necessárias, requerem um controle rígido e, normalmente, não são vistos como investimento. E nós sabemos: sem uma gestão efetiva, os custos variáveis podem prejudicar a saúde financeira de um negócio. Neste artigo, resolvemos listar alguns erros que as empresas com maiores custos com táxi costumam praticar. A ideia é que você os evite. Continue lendo para entender!

5 erros que elevam custos com táxi: 


1. Falta de uma política clara


Quando não há uma política de uso do táxi corporativo, os usuários não tem regras claras às quais seguir. É muito comum, nestes casos, que a empresa perca o controle dos gastos. Em casos extremos, os colaboradores usam o benefício para fins que não são os de trabalho. Já que basta apresentar um recibo qualquer para ter o reembolso, que mal tem, não é mesmo? Da mesma forma, se os gastos com táxi não estão atrelados a indicadores da área, a ética tende a se tornar, digamos, mais “flexível”. O centro de custo dos times acaba cobrindo os gastos e a àrea administrativa não tem informações claras para montar planos de ação de economia, por exemplo.

2. Não conscientizar os colaboradores sobre os gastos com táxi


No cotidiano frenético da empresa, os profissionais acabam não se importando com o gastos de recursos. É preciso sempre lembrá-los que o dinheiro desperdiçado poderia ser utilizado para fins mais estratégicos. Com o uso do táxi acontece a mesma coisa. Empresas que simplesmente disponibilizam esse benefício, sem fazer um trabalho de conscientização, invariavelmente vão gastar mais.

3. Escolher um aplicativo de táxi com poucos benefícios


Hoje a oferta de aplicativos de táxi e transporte é bem variada, sobretudo nos grandes centros. Isso é bom, por um lado, pois dá mais opções; por outro, traz aos gestores o desafio de separar o joio do trigo. Quando a empresa elege o aplicativo errado, ela vai pagar tarifas mais caras, poderá lidar com indisponibilidade de serviço, entre outros fatores que vão trazer uma série de complicações — usuários insatisfeitos, pouco controle gerencial, baixa qualidade etc. No extremo, até a segurança dos profissionais pode ser comprometida. Imagine que o colaborador toma um táxi clandestino, por exemplo.



4. Liberdade total para a escolha do serviço de táxi


Outro erro bastante comum é deixar a escolha do serviço de táxi totalmente por conta dos colaboradores. Eles podem usar táxi comum hoje, amanhã utilizam um aplicativo de transporte desses em que motoristas fazem corridas com seus próprios automóveis, e assim por diante. Já que a questão dos custos com táxi não está pautada, as pessoas vão optar pelo serviço que mais lhe convier, não se importando com o quanto a empresa vai gastar.

5. Falta de controle e histórico dos custos com táxi


Por fim um erro bastante comum que as empresas que gastam muito dinheiro com táxi cometem é não ter um processo de controle no qual é possível gerar relatórios a partir de históricos. Os históricos são fundamentais na gestão financeira. É a partir deles que os gestores podem avaliar padrões de gastos e tomar decisões para reduzi-los. Eles também permitem decidir se um certo tipo de serviço é mais rentável do que o outro, e assim por diante.

Sua empresa ainda comete algum desses erros que elevam os custos com táxi? O que você achou da reflexão que trouxemos no artigo? → Conheça agora os benefícios do VÁ DE TÁXI, o aplicativo de chamadas de táxi pioneiro no pagamento via app (mobile payment) no Brasil!