Vá de Táxi

Ganho de produtividade com Realidade Aumentada é aposta para o futuro!

24 April de 2019 - 16:12 - by Vá de Táxi

A tecnologia de Realidade Aumentada, que inclui os famosos óculos inteligentes, conecta os funcionários ao mundo digital, melhorando a produtividade, a eficiência e a segurança no local de trabalho. Essa experiência de usuário digital de última geração está transformando a forma como profissionais das mais diversas áreas realizam tarefas complexas. Sobre isso vamos refletir ao longo deste artigo. Continue lendo para entender em detalhes o que é a realidade aumentada e como ela pode potencializar a força produtiva das organizações!

O que é Realidade Aumentada


A Gartner, maior empresa de pesquisa em Tecnologia da Informação (TI) do mundo, conceitua a Realidade Aumentada como “o uso em tempo real de informações na forma de texto, gráficos, áudio e outros aprimoramentos virtuais integrados a objetos do mundo real; integra e agrega valor à interação do usuário com o mundo real, versus uma simulação”. Em outras palavras, trata-se de uma tecnologia que expande nosso mundo físico, adicionando camadas de informação digital a ele. Ao contrário da Realidade Virtual , a Realidade Aumentada não cria todos os ambientes artificiais para substituir o real por um virtual. Ela é inserida em um ambiente existente e adiciona sons, vídeos e gráficos nele. O termo em si foi criado em 1990 e um dos primeiros usos comerciais foi na televisão e no exército. Com o surgimento da Internet e dos smartphones, a Realidade Aumentada lançou sua segunda onda e agora os anúncios estão relacionados principalmente ao conceito interativo. Modelos 3D são diretamente projetados em coisas físicas ou fundidos em tempo real; vários aplicativos de realidade aumentada impactam nossos hábitos, vida social e a indústria do entretenimento. Os aplicativos de Realidade Aumentada geralmente conectam a animação digital a um "marcador" especial ou, com a ajuda do GPS nos telefones, especificam a localização. O aumento está acontecendo em tempo real e dentro do contexto do ambiente, por exemplo, sobrepondo as pontuações em eventos esportivos ao vivo.

A Realidade Aumentada como incremento de produtividade


Já existem diversos exemplos de aplicação da Realidade Aumentada. No varejo, ela pode agir para trazer melhor engajamento e retenção de clientes, bem como conscientização e mais vendas. Alguns recursos também podem ajudar os clientes a fazer compras mais inteligentes, fornecendo dados de produtos com modelos 3D de qualquer tamanho ou cor. O setor imobiliário também pode se beneficiar da Realidade Aumentada através de  passeios em 3D de apartamentos e casas, reduzindo custos com deslocamentos, entre outras vantagens. Na indústria, combinados com serviços baseados em nuvem e aplicativos móveis, a Realidade Aumentada e a tecnologia wearable (vestível) podem fornecer aos funcionários de uma fábrica informações críticas à medida que realizam operações e reparos — totalmente sem uso das mãos. O resultado é uma força de trabalho conectada digitalmente, equipada para concluir tarefas com mais precisão, passar mais tempo agindo de maneira analítica e manter as operações funcionando com menos interrupções. Isso significa reduzir o tempo de inatividade de falhas de equipamentos, reduzir os custos operacionais das atividades de manutenção e aumentar a eficiência dos negócios. Em suma, a natureza do trabalho está mudando. As tecnologias de Realidade Aumentada estão prontas para essa nova realidade. E já há diversos especialistas apontando que empresas que não as adotarem serão menos competitivas em um futuro próximo.

A Realidade Aumentada nos esforços de melhoria da mobilidade urbana


À medida que a população urbana cresce, viajar de um lugar para outro com eficiência está se tornando uma tarefa assustadora. Aplicativos que utilizam tecnologias como a Realidade Aumentada (AR) — e sua capacidade de fornecer informações adicionais no contexto do mundo real — podem ser a chave para resolver esses problemas. A Realidade Aumentada pode ajudar os indivíduos a navegar facilmente em suas opções de mobilidade urbana, fornecendo informações nas pontas dos dedos. Existem vários exemplos que validam essa afirmação. Qualquer pessoa que tenha usado mapas do Google já viu dados aumentados com informações de trânsito baseadas em sensores em tempo real. E isso, dizem os especialistas, é apenas o começo. Que tal, você já havia pensado na Realidade Aumentada por este ângulo? Gostou do texto? Deixe seu comentário!