Vá de Táxi

Produtividade x Geração Y: 7 dicas para aplicar em seu quadro de funcionários

03 August de 2018 - 15:54

Um estudo da MTV chamado "No Collar Workers" aponta que os trabalhadores da Geração Y (os Millennials) se sentem mal compreendidos. O mal-entendido mais notável vem da confiança que eles têm em suas habilidades e conhecimentos. De acordo com a pesquisa, 92% sentem que suas empresas têm a sorte de tê-los como funcionários e 76% sentem que têm muito a ensinar para seus chefes.A Geração Y quer que seu local de trabalho seja divertido, mas, acima de tudo, quer ser feliz no emprego. Tanto que 50% deles afirmam preferir estar desempregados a trabalhar em uma empresa onde não se sentem bem.Muito se tem estudado sobre a geração nascida entre os anos 1980 e meados de 1990, e que agora está chegando à idade adulta e assumindo cargos importantes no mundo corporativo. A produtividade é um dos maiores desafios para as empresas quando se trata desse perfil de trabalhador.Pensando nisso, resolvemos recorrer a diversos especialistas para reunir uma série de dicas que podem ser aplicadas no seu negócio. A ideia é que você consiga vislumbrar maneiras eficientes de aproveitar o potencial da Geração Y para produzir mais e melhor. Acompanhe!

1. Identifique o percentual de colaboradores que pertencem à Geração Y


Um estudo geracional é muito importante para o seu negócio. E isso pode ser feito rapidamente. Basta o RH listar em uma planilha as várias gerações que compõem o quadro de funcionários e, a partir disso, ver qual é o percentual de Millennials que o compõe.Como dissemos, a Geração Y é formada por indivíduos nascidos entre 1980 e meados de 1990. Esse é o recorte utilizado pelos demógrafos em todo o mundo.

2. Dê um propósito bem claro à Geração Y


Um estudo realizado pela consultoria global Deloitte aponta que a Geração Y acredita fielmente que as empresas precisam ter um propósito maior do que simplesmente vender e lucrar mais.Para 73% dos participantes da pesquisa, as empresas precisam ser éticas e causar impactos positivos na sociedade. Toda empresa têm um propósito na malha social. O que falta, muitas vezes, é demonstrar isso claramente, tanto para a comunidade interna quanto para o mercado.Para os especialistas da Deloitte, as empresa que conseguem proporcionar esse propósito com clareza para seus colaboradores Millennials, podem torná-los mais engajados e produtivos.  

3. Torne o ambiente laboral criativo e inovador


Ainda segundo a Deloitte, a Geração Y espera participar de projetos nos quais a inovação e a criatividade tenham um alto valor. Eles reconhecem que as empresas existem para gerar dinheiro, mas dizem que se sentem mais úteis e produtivos quando têm a chance de incrementar seu dia a dia laboral com atividades prazerosas e criativas.

4. Faça da transformação digital um salto para a produtividade


Um dado importante da maioria das pesquisas sobre a Geração Y é a chamada transformação digital que, em rápidas palavras, diz respeito à implementação de ferramentas e serviços tecnológicos inovadores (computação em nuvem, internet das coisas, big data etc.).Os Millennials não necessariamente nasceram dentro da era digital, mas valorizam muito as organizações que, assim como eles, estão se transformando digitalmente. Eles se sentem mais produtivos quando dispõem de métodos e ferramentas tecnológicas para colaborar, analisar dados, se comunicar etc.

5. Torne o reconhecimento uma tática de aumento de produtividade


Uma pesquisa da Gallup com 4 milhões de pessoas descobriu que aqueles que receberam reconhecimento e elogios aumentaram sua produtividade individual e foram mais propensos a permanecer em seus empregos. A Geração Y é talvez a primeira que recebeu mais elogios de pais, professores e amigos. Ela espera receber esse reconhecimento também em seu ambiente laboral. Para muitos especialistas, o feedback constante e o reconhecimento podem aumentar em mais de 50% a produtividade desse grupo de trabalhadores nas empresas.

6. Esqueça o modelo tradicional de liderança


No estudo da Deloitte, assim como em vários outros que abordam a Geração Y, ficou bem claro que os Millennials não toleram o antigo modelo de liderança — aquele que chamávamos de “chefia”.Os líderes, para essa geração, devem ser facilitadores, precisam lidar bem com a concessão de autonomia aos seus colaboradores e, sobretudo, permitir a colaboração.

7. Valorize a diversidade


Por fim, um outro ponto que merece destaque quando se trata de melhorar a produtividade entre os indivíduos da Geração Y é o respeito à diversidade. Os Millennials não toleram as antigas fronteiras de gênero, raça, classe, sexo, entre outras. Eles valorizam organizações e equipes que respeitam a diversidade e tendem a produzir mais e melhor quando trabalham em times de múltiplas vozes e personalidades. E se sentem desbravadores ao participar de projetos e negócios que valorizam a diversidade em seus mais diversos formatos. Que tal, sua empresa está preparada para potencializar a produtividade na Geração Y? O que achou das nossas dicas? Deixe seu comentário!